Porque realizar a gestão de viagens na sua empresa?

Redução de custos

É isso mesmo: o uso de uma ferramenta de selfbooking influencia diretamente na economia de recursos financeiros da empresa. Além de o sistema ser configurado para buscar sempre os melhores preços, de acordo com política de viagens do estabelecida pela empresa, o fato de os próprios colaboradores poderem planejar seus deslocamentos exclui a necessidade da atuação de intermediários ou da contratação de um profissional, exclusivamente, para esse fim, o que acaba barateando o processo.

Economia de tempo

No mundo corporativo, frente a tantas demandas que merecem atenção e cuidado, a boa gestão de tempo é simplesmente imprescindível, certo? Pois o sistema de selfbooking surge como uma ferramenta poderosa quando o assunto é economizar tempo dos colaboradores. Como todas as questões referentes ao planejamento da viagem estão em um só lugar, não é necessário gastar horas e horas acessando diversos sites em busca das melhores opções de passagens aéreas e hotéis, por exemplo.

Nível de autonomia

Como o selfbooking não exige intermediários, a empresa ganha autonomia para gerar e gerenciar suas reservas da maneira que for mais conveniente e adequada. Os próprios colaboradores, desde que em acordo com seus gestores, podem decidir quando e como planejar a viagem. Do mesmo modo, quando alguma mudança ou um replanejamento se faz necessário, não é preciso contatar ou esperar por respostas de terceiros, bastando acessar o sistema e fazer as devidas modificações.

Quantidade de opções

Ao reunir tudo de que o viajante precisa em um só lugar, torna-se possível fazer uma comparação bem mais aprofundada das opções disponíveis, seja de ofertas de voos, opões de hospedagem, ou tantos outros produtos turísticos. Assim fica muito mais fácil alcançar o melhor custo-benefício e analisar, profundamente, cada alternativa, tudo de acordo com as políticas da empresa.

Aumento de produtividade

A possibilidade de planejar todos os detalhes de uma viagem corporativa em um só lugar, de maneira rápida e precisa, obviamente traz impactos extremamente significativos para o nível de produtividade dos colaboradores. Não por acaso, os sistemas de selfbooking são as plataformas que mais geram aumento de produtividade em solicitações de viagens corporativas, atualmente. Sua corporação vai ficar de fora dessa?

Precisão nos relatórios

Sistemas de selfbooking trazem consigo ferramentas de Business Intelligence (BI) que possibilitam a geração de relatórios de viagens, extremamente, precisos, transformando dados em indicadores e informações, realmente, relevantes, de maneira automática e rápida. Com isso, o selfbooking acaba influenciando, diretamente, na tomada de decisões, expondo os processos e políticas que necessitam de revisões no planejamento.

Alinhamento à política

Antes de passar a usar o selfbooking para a gestão de suas viagens, todas as informações contidas na política de viagens da empresa devem ser inseridas no sistema. Estipulação de prazos para pedidos de deslocamento, orçamento disponível para esse fim, classes de voos e nível de qualidade de hotéis autorizados para cada tipo de viagem, entre muitos outros detalhes: o cadastro desse conjunto de informações permite que o sistema apresente sempre as melhores opções, de acordo com o que a empresa definiu previamente. Na prática, aliás, o selfbooking impede que a política de viagens seja quebrada, pois não permite reservas fora do padrão estipulado.